As altas temperaturas estão chegando com força no Tocantins e fazendo a população sofrer com a baixa umidade e o calor. No último domingo (6) Palmas teve o dia mais quente registrado em 2017. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a temperatura máxima na capital chegou a 39,7°C e foi a maior do país neste dia. A máxima prevista para esta terça-feira (8) é de 38°C.

As medições do Inmet mostram que a semana vai continuar quente na capital e em todo o estado. Um temporal registrado em Santa Fé do Araguaia na tarde de domingo foi atípico, segundo o instituto, e não deve se repetir no estado nos próximos dias. Na cidade choveu 46,2 mm, o que representa quase três vezes a média de chuva normal para agosto que é de 16 mm.

Em julho algumas regiões do Tocantins chegaram a registrar queda nas temperaturas, como o Jalapão que teve madrugadas em que a mínima foi de 12,5°C.

O calor e a baixa umidade do ar têm sido uma preocupação no estado. Além dos problemas respiratórios sentidos pela população nessa época, o clima quente e seco contrubui para o aumento das queimadas. Em sete meses o número de queimadas no Tocantins ultrapassou quatro mil focos.

Veja os recordes de temperatura já registrados no Tocantins:

  • Palmas: 41,9°C (19/09/2013)
  • Araguaína – 38,6°C (21/10/2015)
  • Gurupi – 37,7°C (22/09/2015)
  • Peixes – 41,5°C (22/10/2015)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA