Ciência: Bebê que nasceu sem parte do cérebro completa 1 ano e desafia a ciência

0
358

O pequeno Jaxon Buell nasceu com uma grave má formação no cérebro, mas contrariou a ciência ao completar, neste domingo (27), 1 ano e um mês de vida. Para os pais do menino, a data é significativa já que os médicos não esperavam que ele fosse sobreviver nem mesmo a gestação.

Ao Daily Mail, os pais de Jaxon, Brittany, de 27 anos, e Brandon Buell, de 30 anos, contaram que, apesar da condição rara, ele está aprendendo a dar os primeiros passos. 

Na 17ª semana de gestação, Brittany passou pelo segundo ultrassom. Além de descobrirem que teriam um menino, naquele dia os dois notaram algo diferente. “No segundo ultrassom percebemos que alguma coisa estava errada, pois o técnico que fazia o exame ficou muito quieto”, conta Brandon ao Daily Mail. 

Ainda durante a gestação, os médicos acreditavam que a criança tinha anencefalia, mas não conseguiam especificar a gravidade da condição. O casal, que vive na Flórida (EUA), precisou passar por vários médicos até o obterem o diagnóstico. Na 23ª semana de gravidez, mesmo sabendo que o filho nasceria sem parte do cérebro e do crânio, decidiram não optar pelo aborto. A confirmação veio no dia seguinte ao ultrassom. “Brittany recebeu uma ligação dos médicos dizendo que estavam preocupados com os resultados”, conta Brandon ao Daily Mail. 

“Quem somos nós para decidir? Nós recebemos um filho, recebemos uma chance e temos que ser a voz dele”, diz o pai. “Nós fizemos o possível para dar a ele uma chance de lutar e ele está fazendo isso desde que nasceu”.

Brittany conta que a descoberta foi devastadora. “Era de partir o coração porque algo que eu quis a vida toda estava acontecendo, mas então me dizem que existe a possibilidade de meu filho nascer morto”, diz a mãe. “Não senti essa felicidade que, geralmente, as mulheres sentem durante a gravidez”.

Após o nascimento, o casal ainda teve que lidar com as previsões médicas. “Eu me lembro de estar segurando ele em seu segundo dia de vida e estar ouvindo os médicos dizerem que meu filho provavelmente nunca falaria, nunca andaria, nunca ouviria e nem iria enxergar. Eles realmente não esperavam que ele fosse capaz de fazê-lo”, diz Brandon. 

Veja Jaxon andando e começando a aprender como falar:

Os pais relatam a história de Jaxon, que ficou conhecido como “Jax Strong” (Jax Forte, em tradução livre do inglês), em uma página no Facebook – que já conta com mais de 100 mil seguidores.

Os colegas de trabalho de Brandon, que é assistente do CEO de um banco criaram uma página no GoFundMe para arrecadar fundos para irão ajudar a pagar as despesas com Jax, que necessita de atenção especial. 

Apesar de toda luta durante a gravidez, Brittany conta que a ajuda e a reação das pessoas tem sido incríveis. “Tem sido muito positivo porque, a todo lugar a que vamos, alguém nos para e nos pergunta sobre a nossa história. Impactamos muita gente”.

Brandon e Brittany com o filho

 

Fonte: redetv/uol

 

 

Gostou? Curte, comente e compartilhe

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA