DHPP assume investigações do caso de menina desaparecida em Palmas

0
19

Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa investiga caso sob sigilo.
Laura Vitória, 9 anos, está desaparecida há cinco dias.

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) assumiu as investigações do caso da menina desaparecida em Palmas. O sumiço de Laura Vitória Oliveira da Rocha, 9 anos, estava sendo investigado pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, mas agora “está integralmente a cargo da DHPP”, segundo a Secretaria de Segurança Pública do Tocantins.

Laura está desaparecida desde o último sábado (9), quando ela saiu de casa para ir a um supermercado comprar milho, no setor Lago Sul. As imagens das câmeras de segurança do estabelecimento mostram quando a menina entra no local. Ela fica por alguns minutos e depois sai com uma sacola na mão. Depois, ela não foi mais vista. (Veja o vídeo)

O delegado João Sério Vasconcelos Kenupp está sob o comando do caso. De acordo com a SSP, as investigações estão sendo realizadas sob total sigilo para não prejudicar os trabalhos dos policiais.

A secretaria informou ainda que “até a manhã desta quinta-feira (14), a DHPP já avançou positivamente na solução do referido caso”.

 Imagens do supermercado

A filmagem em que mostra Laura entrando e saindo do supermercado foi liberada pelo dono do estabelecimento nesta quarta-feira (13). Os parentes já tiveram acesso e reclamam do fato de a polícia ainda não ter solicitado o vídeo.

“Como é que nós temos a imagem da câmera e a polícia não tem? O que é que ela está fazendo? Porque nós estamos investigando mais do que a polícia”, disse a tia da menina, Simone de Oliveira.

Procurada, a SSP disse que o caso está sendo investigado, mas não explicou porque as imagens do mercado ainda não foram solicitadas.

Parentes fizeram manisfestação por causa de menina desaparecida em Palmas (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Parentes fizeram manifestação por causa de
menina desaparecida em Palmas

Protesto
Na terça-feira (12), parentes e amigos da menina foram para a avenida Juscelino Kubitschek, em frente à sede da prefeitura de capital, e realizaram um protesto. Com faixas e cartazes, eles cobraram por justiça. Alguns manifestantes deitaram na faixa de pedestre e bloquearam o trânsito. Eles também gritaram o nome de Laura Vitória.

Entenda
Laura saiu de casa por volta das 10h30 de sábado (9) para ir a um supermercado e desapareceu. Ela mora com a avó na região sul da capital.”No sábado minhã mãe pediu para ela ir ao supermercado comprar milho. Ela foi vista saindo do estabelecimento com o produto, mas depois não foi mais encontrada”, conta a tia Simone.

ASSISTA O VÍDEO NA INTEGRA AQUI

Fonte: G1

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA