Lançado em 2015, o Aston Martin Vulcan é um superesportivo limitado a apenas 24 unidades. Mas a procura parece que não foi tão alta, já que ele virou “brinde” para quem comprar uma cobertura triplex em Miami, nos EUA, avaliada em US$ 50 milhões (cerca de R$ 158 milhões).

O “mimo”, que sozinho custa US$ 2,3 milhões (R$ 7,3 milhões), foi anunciado pela imobiliária responsável pela venda do prédio criado em parceria com a equipe de design da própria Aston Martin.

Aston Martin Vulcan estreia na pista em Goodwood (Foto: )

Aston Martin Vulcan estreia na pista em Goodwood (Foto: )

Com motor 7.0 V12 naturalmente aspirado, que rende 800 cavalos de potência, o Vulcan não pode andar nas ruas, apenas nas pistas de corrida.

Todas as especificações atendem aos requisitos da FIA, assim os futuros proprietários poderão colocar os carros à prova em corridas do Campeonato Mundial de Endurance (WEC).

Interior do Aston Martin Vulcan (Foto: Max Earey/Divulgação)

Interior do Aston Martin Vulcan (Foto: Max Earey/Divulgação)

De acordo com a imobiliária, os interiores e áreas comuns do prédio luxuoso de Miami foram inspirados nos carros da Aston Martin. A entrega do empreendimento está prevista para 2022.

Cerca de 20% dos apartamentos já estão vendidos, quase a metade deles para brasileiros, mas a cobertura com três andares e 1.770 metros quadrados ainda não encontrou um interessado.

Aston Martin Residences será construído em Miami (Foto: Divulgação)

Aston Martin Residences será construído em Miami (Foto: Divulgação)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA