Famílias sofrem com prejuízos após rios transbordarem em Araguanã

Famílias sofrem com prejuízos após rios transbordarem em Araguanã

As família que tiveram que deixar as casas após dois rios transbordarem em Araguanã, no norte do Tocantins, agora tentam lidar com os prejuízos. A maioria acabou indo para casas de parentes, mas duas estão abrigadas em uma escola municipal. Outras 20 devem ser resgatadas de áreas de risco durante o fim de semana. A previsão para a região é de mais chuva.

“Aqui a gente vai ter o dia para passar fome e a noite para sonhar comendo, porque não tem dinheiro, não tem nada”, diz o comerciante Renato Lopes. A casa de shows dele ficou completamente alagada com a enchente. “É uma situação ruim, porque o nosso lar é sempre o melhor lugar para se viver”, completa o estudante Ronaldo Pereira.

Os rios que sofrem a enchente são o Araguaia e o Lontra. Os bairros mais afetados são os setores Lopes Silva e Alvina Dias, que ficam às margens desses rios. De acordo com a Defesa Civil, o nível da água começou a subir há cerca de seis dias e desde então não parou de chover. A previsão do tempo diz que mais chuva deve atingir a cidade no fim de semana e também há previsão de tempestades nas cabeceiras dos rios.

Oito famílias ficaram desabrigadas e outras 20 estão em áreas consideradas de risco (Foto: Defesa Civil/ Divulgação )

Oito famílias ficaram desabrigadas e outras 20 estão em áreas consideradas de risco (Foto: Defesa Civil/ Divulgação )

Várias regiões do Tocantins têm situações que despertam preocupação. Em Tocantinópolis a Defesa Civil pediu que moradores evitem as áreas abaixo do reservatório da represa em Estreito, já que as comportas da usina podem ser abertas a qualquer momento. Algumas cidades registraram todo o volume de chuva esperado para fevereiro nos primeiros cinco dias do mês.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA