GREVE: “Estamos orientando que o pessoal fique nos Postos de Combustíveis onde tem alimentação até a hora que a pista for liberada”, informou a PRF

0
117

Tocantins e outros 09 Estados têm bloqueio em rodovias

A paralisação que tem como objetivo a renúncia da presidente Dilma Rousseff, já está presente em pontos estratégicos do País. No Tocantins caminhoneiros fecharam a BR-153 e queimaram pneus em Colinas do Tocantins. Somente ambulância, ônibus e veículos de passeios são permitidos passar no bloqueio. “Estamos orientando que o pessoal fique nos Postos de Combustíveis onde tem alimentação até a hora que a pista for liberada”, informou a PRF ao Portal Atitude.

 

Segundo a mobilização nacional o trecho da BR-153 no município de Colinas do Tocantins está interditado desde a noite do domingo (08). A Polícia Rodoviária Federal informou ao Portal Atitude que apenas veículos de passeio, ambulâncias  e ônibus são permitidos a passar pelo bloqueio. “Não há previsão de liberação. A orientação é que o pessoal fique nos Postos de Combustíveis onde tem apoio de alimentação e na hora que liberarem as pistas nós avisamos”, informou a PRF ao Portal Atitude.

Além do Tocantins, os caminhoneiros já estenderam a greve em outros 10 Estados. O movimento está sendo organizada pelo Comando Nacional do Transporte (CNT), e surgiu na internet e, segundo os organizadores, não tem personalidade jurídica nem o apoio dos sindicatos dos caminhoneiros.

Protesto dos caminhoneiros na BR-153, em Colinas do Tocantins (Foto: Ricardo Fernandes/Divulgação)

No último final de semana, o Palácio do Planalto começou a monitorar as redes sociais na tentativa de medir o impacto da paralisação das rodovias brasileiras e avaliou que o movimento não será significativo, embora possa causar transtorno em locais isolados, mas o maior temor é que o bloqueio das rodovias possam provocar desabastecimento.

Fonte: Atitude Tocantins

Gostou? Compartilhe

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA