Histórico! Os Ônibus no Túnel do Tempo: Vídeo mostra Evolução em mais de 100 anos!

0
213

Os ônibus são os principais veículos para transporte de passageiros em massa, ainda mais num país como o Brasil. Agora imagine viajar, em poucos minutos, no túnel do tempo para ver toda a evolução que eles tiveram em mais de 100 anos. É exatamente essa a ideia do primeiro vídeo a seguir, que mostra uma coletânea extraordinária desde o início dos primeiros projetos de ônibus da Daimler, principalmente no começo do século passado. O mais interessante é que, a partir da segunda metade dos anos 1920, começaram a surgir as empresas de ônibus nacionais, que operavam as famosas jardineiras. Principalmente a partir do início dos anos 50, começara a surgir os ônibus com o formato mais parecido com o qual estamos acostumados. Aqueles tempos foram marcados pelos ônibus GM, tanto rodoviários como urbanos, que eram importados dos Estados Unidos ou nacionais.

As encarroçadoras nacionais começaram a surgir naquela época também, com destaque para a Grassi. Outras viriam na sequência, como Caio, Ciferal, Nielson e Marcopolo. Nas proximidades dos anos 60, a Mercedes-Benz começou a fabricar os sofisticados ônibus com estrutura monobloco, merecendo destaque o O-321, seguido do O-326, O-352, O-355, O-364 e O-370. Este último, na opinião de nós do AutoVídeos, é o melhor ônibus nacional de todos os tempos (por um lapso, ele não aparece no primeiro vídeo, mais é mostrado no segundo abaixo, que apresenta a frota de ônibus antigo da Turismo Santa Rita deixando uma exposição). O modelo O-400 foi o último monobloco.

Depois da falência da Busscar (antiga Nielson), no segmento rodoviário, a Marcopolo tem dominado o mercado, que também tem a Comil, Irizar e outras encarroçadoras. Agora, para você ter uma ideia ilustrada de tudo isso, prepare-se para ver as imagens que levarão você a uma enorme viagem por épocas e projetos bem distintos, inclusive alguns protótipos futuristas. Você verá até um inusitado ônibus em formato de Zeppelin. Confira agora os videos e você vai curtir demais (lembrando que o primeiro vídeo contém algumas irreverências do autor, principalmente nos segundos finais, mas o material continua sendo interessante, como um todo).

 

Fonte: Autovídeos

 

Gostou? Comente, curte e compartilhe.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA