Notícias: Bebê com tumor no olho esquerdo fica cego após médico realizar cirurgia, se enganar, e retirar o direito que estava saudável

0
183

Um médico foi suspenso e colocado sob investigação por deixar um bebê cego depois de retirar o olho errado em cirurgia.

Os pais do pequeno Jonathan Fernando Valdez Ayala, do México, ficaram horrorizados após o incidente e estão processando o médico por negligência médica.

O filho, que estava passando por quimioterapia para tratar um tumor em seu olho esquerdo, precisou realizar uma cirurgia de remoção do órgão quando o tratamento não conseguiu ter os resultados esperados. Mas, em vez do cirurgião retirar o olho esquerdo que estava tomado por um tumor, retirou o direito, completamente saudável e funcional.

O fato ocorreu no Instituto Médico de Alta Especialidade Mexicana, no estado de Sonora, noroeste do país.

A mãe, angustiada, disse: “Os médicos começaram a tratá-lo e decidiram que deveriam retirar o olho esquerdo, pois ele já não possuía função. O médico disse que retirou o direito porque viu um tumor na hora da cirurgia”.

025-1

Ela prossegue: “Não podemos acreditar nisso, um tumor aparecer de repente, em apenas algumas horas durante a cirurgia. O olho estava bom, normal, era só o esquerdo que deveria ser removido”.

O médico alegou que apenas queria salvar a vida do bebê e decidiu retirar o olho direito.

A família disse que o médico insiste que havia um tumor, mas planejam levar o órgão para uma exame independente, pois acreditam que pode não estar havendo imparcialidade.

Eu me sinto impotência e com raiva porque meu filho não tem mais um olho funcional, e ninguém pode colocá-lo novamente; retiraram seu único olho saudável”, disse o pai, Javier Valenzuela.

O advogado do casal, disse que fará uma denúncia na Comissão Nacional de Direitos Humanos e na Comissão de Arbitragem Médica.

025-2

O mais absurdo é que o olho esquerdo, que ainda possui o tumor, não foi retirado e coloca em risco a vida da criança, por estar em estágio avançado.

A equipe é liderada pelo coordenador de alta especialidade médica, Jaime Zaldivar Cervera, pediatra e oftalmologista.

Fonte: jornalciencia

 

Gostou? Curte, comente e compartilhe.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA