Notícias: Centenas de peregrinos morrem pisoteados durante feriado islâmico na Arábia Saudita

0
120

A região de Meca recebe nesta época do ano cerca de 2 milhões de fiéis

Um grande tumulto nas proximidades da cidade de Meca, principal centro islâmico do mundo localizado na Arábia Saudita, causou um catastrófico acidente que deixou pelo menos 700 peregrinos mortos nesta quinta-feira (24). Um grande número de muçulmanos estava no local devido ao feriado de haj celebrado nesta época do ano.

De acordo com as últimas informações divulgadas pelo governo saudita, o número de mortos na tragédia chegou a 717 e mais de 800 feridos. Anteriormente, autoridades sauditas confirmaram que pelo menos 453 pessoas haviam morrido e outras 700 estão feridas. Pouco antes, a mesma fonte havia declarado que o número de mortos passava de 300.

As equipes de resgate já estão no local, pelo menos 220 carros de bombeiros e ambulâncias foram enviadas para atender às vítimas. 

Segundo o órgão, equipes da Defesa Civil ainda estavam tentando lidar com o desastre, causado por um grande número de pessoas se empurrando em Mina, fora da cidade sagrada muçulmana de Meca.

O último grande acidente durante o haj aconteceu em 2006, quando pelo menos 346 peregrinos foram mortos enquanto participavam da cerimônia que supostamente apedreja o “mal”. Neste ano, o haj acontece entre os dias 22 e 26 de setembro.

Não é a primeira vez: conheça outras tragédias que ocorreram durante peregrinação a Meca

 

Na terça-feira (22), milhares de muçulmanos iniciaram a caminhada para o Vale de Mina, em Meca, para a peregrinação que dura seis dias, no maior encontro anual muçulmano do mundo.

Neste ano, a peregrinação para a cidade santa de Meca é marcada pela tragédia que ocorreu há 10 dias. Um acidente com uma grua que caiu no interior da grande mesquita de Meca provocou a morte a 107 pessoas e ferimentos a 238.

Recentemente, as autoridades sauditas realizaram obras de infraestrutura para facilitar o deslocamento dos peregrinos nas cidades sagradas e evitar acidentes.

Quase 2 milhões de pessoas são esperadas na peregrinação deste ano, enquanto ainda decorre a guerra da Arábia Saudita, no Iêmen, e a violência jihadista aumenta em alguns países muçulmanos.

Mais de 2 milhões de muçulmanos viajam para a região nesta época do anoReuters

A peregrinação está entre os cinco pilares do islamismo e todos os muçulmanos deverão ser capazes de realizá-la pelo menos uma vez na vida.

Confira as imagens da peregrinação:

 

Fonte: R7

 

Gostou? Curte, comente e compartilhe

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA