Notícias: Entrevista com Pedrinho Matador, o maior homicida do Brasil.Assista.

0
76

Ele fez sua primeira vítima quando ainda tinha 14 anos de idade; resolveu no facão um desentendimento que teve com o primo. Também aos 14 anos matou um vice-prefeito de sua cidade por ter demitido seu pai, um guarda escolar, na época acusado de roubar merenda escolar. Depois matou outro vigia, que supunha ser o verdadeiro ladrão. Refugiou-se em Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo, onde começou a roubar bocas-de-fumo e a matar traficantes.

Ainda em Mogi, executou o próprio pai numa cadeia da cidade, depois que este matou sua mãe com 21 golpes de facão. A vingança do filho foi cruel: além de 22 facadas, arrancou o coração do pai, mastigou uma parte e depois a cuspiu. Para não deixar dúvidas sobre sua disposição de matar, tatuou no braço esquerdo: “Mato por prazer”, coberta recentemente por outra tatuagem.

Com mais de 100 mortes em seu nome, já prometeu matar o famoso Maníaco do Parque.
(Infelizmente até hoje não cumpriu a promessa)

Veja como é a mente de um psicopata.Assista.

.Posted by O Corpo Humano on Sexta, 6 de março de 2015

Fonte: facebook

Gostou? Compartilhe

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA