Notícias: Escolas na Guatemala pedem publicações às Testemunhas de Jeová para diminuir a violência entre os jovens

0
149

CIDADE DO MÉXICO — Três escolas na Guatemala pediram publicações das Testemunhas de Jeová para usar em sua grade curricular. Então, as Testemunhas de Jeová doaram um total de 3.500 publicações em espanhol e em quiché. O quiché é um idioma ameríndio dos maias e é falado no lado ocidental das montanhas da Guatemala.

Escola Oficial Rural Coeducacional em Paraje Xepec: Professora usando oMeu Livro de Histórias Bíblicas e Minhas Lições da Bíblia, doados pelas Testemunhas de Jeová, para ensinar seus alunos.

As escolas contataram as Testemunhas de Jeová porque elas são uma das poucas organizações que produzem publicações em quiché. Além disso, muitas das suas publicações falam sobre problemas que os jovens da Guatemala enfrentam. Em um documento oficial da Escola Oficial Rural Coeducacional em Paraje Xepec, a professora universitária Maria Cortez disse que as publicações foram solicitadas “para resgatar valores e princípios morais tão necessários na sociedade”.

Escola Oficial Rural Coeducacional Elisa Molina de Sthall: Alunos lendo o Meu Livro de Histórias Bíblicasem quiché.

Pesquisas recentes indicam que o crime e a violência entre os jovens na Guatemala estão aumentando. Por isso, organizações na Guatemala como o Programa de Prevenção à Violência têm como objetivo fazer com que “alunos, pais, professores, autoridades locais e a comunidade em geral estejam empenhados em criar áreas seguras perto das escolas e providenciar atividades extracurriculares e educação profissional para os jovens”. Em harmonia com essas iniciativas, o Instituto Nacional de Educação Básica com Orientação Agrícola (INEBOA), a Escola Oficial Rural Coeducacional Elisa Molina de Sthall (EORM) e a Escola Oficial Rural Coeducacional em Paraje Xepec solicitaram cópias do Meu Livro de Histórias Bíblicas em quiché. O INEBOA também pediu os volumes 1 e 2 do livro Os Jovens Perguntam Respostas Práticas em espanhol, pois são excelentes publicações que ajudam os jovens. A escola também forneceu livros para os pais dos alunos, assim eles poderiam ajudar os filhos a fazer a lição de casa para a aula de cultura. Além disso, a escola incluiu o vídeo O Filho Pródigo Retorna, produzido pelas Testemunhas de Jeová, em sua grade curricular.

Erick De Paz, porta-voz das Testemunhas de Jeová na Guatemala, disse: “Nosso objetivo principal é compartilhar a mensagem da Bíblia com as pessoas em suas casas. Mas ficamos felizes que professores e pais podem usar nossas publicações para ajudar os jovens.”

Veja esse e outros assuntos clique aqui

Fonte: Jw.org

 

Gostou: Curte, comente e compartilhe

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA