Notícias: Saiba o que comer e o que cortar da dieta para evitar o câncer de mama

0
99

Feijões e leguminosas têm muitas fibras e proteínas que ajudam o organismo a reparar os danos causados pelos tratamentos contra o câncer, além de cálcio, ferro e vitamina B. O livro sugere que as mulheres aumentem seu consumo acrescentando-os a sopas, caldos e saladas

1zmc0b2j2u_1nlf23bc69_file

_____________________________________________________________________

Plantas como a soja contêm fitoestrogênio, substância vegetal que tem ação parecida com a do estrogênio no metabolismo. Isso ajuda a regular a produção do hormônio de uma maneira que previne o crescimento de células cancerígenas, de acordo com a publicação

soy beans

_________________________________________________________________________

Vegetais de folhas escuras como o espinafre, e também a beterraba, são repletos de vitamina B, que tem o poder de “reforçar” o DNA, reduzindo, assim, os riscos de câncer. Por isso, devem estar presentes sempre que possível ao menos em uma das refeições do dia

7rnennsytq_86sc628ht6_file

_____________________________________________________________________

O cirurgião especializado em câncer de mama Mohammad Keshtgar, do Royal Free Hospital de Londres, explica que não ter a doença não tem a ver apenas com sorte. De acordo com ele, a dieta e o estilo de vida têm ligação direta com o aparecimento deste tipo de câncer. Para ajudar as mulheres a entender como podem usar as refeições como aliadas na hora de se prevenir contra a doença, Keshtgar escreveu um guia que mostra quais alimentos ajudam a evitar o câncer de mama, e quais são os vilões a ser evitados a qualquer custo.

O livro, The Breast Cancer Cookbook, é resultado de um estudo de cinco anos, que analisou o que mais de 3.000 mulheres colocam no prato diariamente. O resultado é surpreendente

Happy Young Pretty Woman Eating Chicken Parmesan

__________________________________________________________________________

Bolos, biscoitos e outras guloseimas podem ser perigosos. O livro mostra que alimentos deste tipo contêm “gorduras escondidas”. Fora isso, a gordura hidrogenada presente neste tipo de comida aumenta o colesterol “ruim”, e diminui o colesterol “bom”

Chocolate cream cookies
Chocolate cream cookies

_______________________________________________________________________

O médico explica que o açúcar também deve ser reduzido. Isso porque ele aumenta o nível de glicose no sangue, o que eleva a concentração de insulina, um dos fatores mais conhecidos como vilão no surgimento do câncer de mama

“Quero viver mais”, diz paciente com câncer de mama avançado

Spoonful of sugar

_________________________________________________________________________

Vegetais como o brócolis, couve-de-bruxelas, couve-flor, couve e repolho são ótimas fontes de nutrientes que comprovadamente previnem o surgimento de células cancerígenas e também auxiliam no controle de metástases

81s5blcjrg_2m0onnuhty_file

______________________________________________________________________

Justamente por isso, o ponto da carne, Mohammad Keshtgar avisa que o uso de grills para preparação da carne vermelha não é recomendado. Segundo ele, este tipo de cozimento produz elementos cancerígenos

Câncer de mama tem cura quando diagnosticado de forma precoce, alertam mastologistas

6551r1flcq_8g3rsk3mtp_file

_______________________________________________________________________

Frutas são ricas em antioxidantes, que previnem um processo em que as moléculas de oxigênio se associam a outros elementos e causam danos genéticos às células — o que aumenta as chances de se desenvolver câncer de mama. Elas também são uma excelente fonte de fibras dietéticas, que, segundo estudos, ajudam a diminuir o risco de se ter a doença

Nutritious fruit and vegetables organic for healthy

______________________________________________________________________

A gordura saturada presente na carne vermelha, por exemplo, está claramente associada aos riscos de se desenvolver câncer de mama no período pós-menopausa, segundo a publicação. Esta substância também diminui as chances de sobrevivência após o diagnóstico da doença. Por isso, o autor do livro recomenda que as mulheres comam menos de 70 g a 90 g por dia, além de evitar as carnes bem-passadas

Generic raw meat

___________________________________________________________________________

O consumo de álcool já foi ligado ao aumento do risco de se desenvolver o câncer de mama, e também ao aumento de reincidência da doença — e isso mesmo em pessoas que bebem apenas socialmente. Quanto maior o volume de álcool ingerido, maior a chance de se desenvolver este tipo de câncer. Por exemplo: três ou mais drinques por dia aumentam em 50% essa probabilidade.

De acordo com o livro, os médicos não conseguem especificar o por quê desta conexão, mas supõem que possa ser algo ligado ao funcionamento do fígado, que, sobrecarregado com a tarefa de processar o álcool, deixaria de extrair o estrogênio do sangue. Isso levaria a um aumento dos níveis desse hormônio no organismo, o que é prejudicial ao corpo feminino, já que o estrogênio é conhecido por estimular o crescimento das células dos seios, aumentando, assim, o risco de se desenvolver a doença

qmzdugq77_1nseqcjnwe_file

Fonte: R7

 

Gostou? Curte, comente e compartilhe.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA