Um cliente da distribuidora de energia do Tocantins ganhou uma indenização de R$ 15 mil por danos morais após ficar seis dias sem eletricidade em casa e ser abandonado pela companheira. O caso foi registrado em janeiro deste ano em Colinas do Tocantins, região norte do estado. A Justiça também determinou que a Energisa pague pelos alimentos que estragaram na casa do morador.

O problema começou depois que houve uma queda de energia em todo o bairro que o professor mora. Durante depoimento ao juiz José Carlos Ferreira Machado, ele contou que a eletricidade voltou horas depois em todos os vizinhos, menos na casa dele. Mesmo com a conta em dia, ele fez vários contatos com a concessionária, mas a luz só foi religada seis dias depois.

O juiz determinou que a empresa pague R$ 200 com juros e correção pelos alimentos que o homem guardava em um freezer. Além disso, o professor afirma que foi abandonado pela companheira por causa da falta de energia.

“Ela foi embora e me deixou por causa disso. Porque com a criança pequena, sem luz durante esse tempo, sem comida e sem dinheiro. Foi a gota d’água. Fiquei muito aborrecido e minha depressão piorou muito”, afirmou durante depoimento.

Por causa disso, o juiz determinou também o pagamento de danos morais. “Ficar sem fornecimento de rede elétrica por volta de seis dias e ainda ver sua esposa e filho saírem do Lar por conta de tais problemas é um abalo enorme”, diz o juiz em trecho da decisão.

A Energisa informou que ainda não foi notificada pela Justiça e aguarda a comunicação da decisão para adotar as medidas cabíveis.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA