NOTÍCIAS: Refugiados chegam à Alemanha e são recebidos com faixas de boas-vindas

0
159

País abriu fronteiras para receber imigrantes de países em crise.
Entre sábado e domingo, foram mais de 13 mil pessoas transportadas.

Um grupo de refugiados foi recebido com faixas de boas-vindas ao chegar à estação ferroviária de Dortmund, na Alemanha , neste domingo (6). Em 2 dias, o número de refugiados acolhidos por países europeus já passa de 13 mil.

A Alemanha e a Áustria abriram suas fronteiras para receber pessoas de países em crise. O drama dos imigrantes ganhou maiores proporções nesta quarta (2), quando foi divulgada  a foto de um menino de 3 anos, morto em uma praia da Turquia após uma travessia arriscada de barco. Antes, a família havia tentado refúgio no Canadá e teve o pedido negado.

Na madrugada deste domingo (6),  cerca de mil refugiados do Oriente Médio cruzaram a pé a fronteira entre Áustria e Hungria. Eles fizeram a travessia caminhando após terem vindo de trem de diferentes pontos da Hungria, informou a Polícia austríaca.

Mais de 3 mil refugiados chegaram na região fronteiriça de Nickelsdorf após a última onda migratória. Cerca de 1,5 mil foram levados em ônibus, ainda de madrugada, até diferentes centros de alojamento em Viena, Baixa Áustria e Alta Áustria, para que neste domingo (6) seguissem viagem rumo à Alemanha, se assim o desejassem.

Balanço parcial
A empresa estatal ferroviária da Áustria (ÖBB) transportou no sábado 11 mil refugiados, procedentes da Hungria, até a vizinha Alemanha, enquanto outros 2.,2 mil estão a caminho, informou neste domingo uma porta-voz da companhia à agência de notícias “APA”.

Assim, o número total de refugiados do Oriente Médio que cruzou a fronteira entre Hungria e Áustria desde a madrugada de sábado já supera os 13 mil, frente às estimativas iniciais que antecipavam cerca de 10 mil pessoas. Na Hungria saíram esta manhã vários trens com mil refugiados a bordo, com destino à cidade de Hageyshalom, onde iam tomar outro trem até a fronteira austro-húngara.

Refugiados e imigrantes dormem sobre os trilhos de trem perto da aldeia de Idomeni, na fronteira da Grécia com a Macedónia, neste domingo (6) (Foto: Alexandros Avramidis/Reuters)

Refugiados e imigrantes dormem sobre os trilhos de trem perto da aldeia de Idomeni, na fronteira da Grécia com a Macedónia, neste domingo (6).

Fonte: G1

Gostou? Curte, comente e compartilhe.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA