‘Robôs farão de nós humanos seus animais de estimação’, adverte Steve Wozniak

0
231

Notoriamente focado no futuro, cofundador da Apple diz desta vez que isso acontecerá porque ‘queremos que alguém cuide de nós’

Robôs nos transformarão em seus animais de estimação, e o motivo disso é que só queremos que cuidem de nós, alertou o cofundador da Apple Steve Wozniak na quarta-feira.

VEJA TAMBÉM

 

Segundo o “Tech Republic”, a inteligência artificial que irá controlar o mundo costumava preocupar Woz, disse ele em entrevista. Mas ele se deu conta de que esse avanço tecnológico será bom para nós, uma vez que os robôs optarão por nos manter e nos preservar como parte da natureza.

De fato, em março ele já tinha mencionado a ideia dos “animais de estimação”, só que com tintas mais amedrontadas e sombrias. Sua visão a respeito mudou desde então.

“Na verdade, os avanços da robótica e da inteligência artificial acabarão se mostrando realmente bons para os seres humanos”, declarou ele perante uma plateia de 2.500 pessoas no “The Moody Theater” em Austin, no Texas, como parte do evento “Freescale Technology Forum 2015”, que teve lugar de 22 a 25 de junho. “E ainda vão transcorrer centenas de anos até que os autômatos tenham essa capacidade”.

 

 

 Nesse futuro, os robôs estarão cientes de seu lugar no mundo e optarão por manter-nos por perto, da mesma forma que mantemos os cães da família, disse ele. Por isso, ele brincou dizendo que tinha passado a alimentar seu cão com “filé e frango, pois quero ser tratado mais adiante como tratei meu ‘pet’”.

 

“Os robôs serão tão inteligentes nesse futuro, que eles saberão que é preciso manter a natureza. E os seres humanos são parte da natureza. E foi assim que perdi o medo de que os robôs nos substituiriam. Eles vão nos ajudar. Seremos, pelo menos, os deuses originais”.

Quanto à internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês), Wozniak declarou que aprecia a tecnologia e a quer.

“A IoT fará coisas por mim. Eu não terei que pensar. Aliás, se a IoT algum dia quisesse dominar o mundo, ela enviaria uma mensagem para os computadores de hoje dizendo: ‘Construam para nós a Internet das Coisas, que é o que precisamos. Ela fará coisas boas para os humanos, então nós queremos que ela se torne realidade’”.

“Se a internet das Coisas se voltar contra nós, seria uma verdadeira surpresa. Mas nós queremos ser o animal de estimação da família e ser cuidados o tempo todo”, concluiu.

No evento em Austin, Woz também falou sobre Apple Watch; os primórdios da HP e da Apple; qual será o futuro da empresa que cofundou com respeito a carros autodirigíveis; inovação; Segway; realidade aumentada e virtual; a disputa entre Android e Apple; e educação de futuros inventores.

 

Fonte: Globo

 

 

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA